Muito se fala em vida saudável nos dias de hoje, mas poucos sabem do que se trata realmente ter uma vida assim. Praticar, então, essa tal vida saudável, fica mais difícil ainda!
Há muita informação no mídia, internet, jornais, entretanto muitas são as dúvidas...
Este espaço foi criado para divulgação de informações sobre tópicos relacionados a saúde, atividade física, dietas e assuntos afins, com um foco especial na área da Endocrinologia, na qual atuo.
Aproveitem!!!

sexta-feira, 3 de junho de 2016

10 Passos para ALIMENTAÇÃO saudável da criança.

Hoje no Dia da Conscientização contra a Obesidade Infantil resolvi escrever sobre 10 passos para uma alimentação saudável na criança. Vamos levantar essa bandeira com seriedade e não condenar nossos filhos aos transtornos da obesidade!

1- Não ofereça açúcar.
Seu filho não precisa de adição de açúcar em sucos, leite, nem em outras bebidas. Não tendo contato com o açúcar ele simplesmente não sentirá falta do mesmo. Assim, terá oportunidade de sentir o paladar verdadeiro dos alimentos e das frutas, podendo apreciar os sabores sem a interferência do açúcar. Tudo é hábito. a adição de açúcar aumenta o valor calórico sem nutrir de fato.

2- Crianças com menos de 2 anos não devem nem precisam comer doces nem chocolate.
Esses alimentos não acrescentam nutrientes e ainda estão associados a formação de placa bacteriana que afetará a saúde bucal, numa idade que a escovação dos dentes é difícil e nem sempre tão eficaz.

3- Não acrescente sal a comida nem às papinhas.
Mais uma vez, você não sente falta do que não conhece! O sal sem dúvida pode tornar a comida mais palatável porém aumenta em muito o risco de hipertensão arterial e cálculo renal. Trata-se de um hábito. As crianças, em especial os bebes tem uma necessidade muito baixa de sal, que se for acrescido na comida com certeza excederá a recomendação diária.


4- Deixe seu filho ter contato com a comida da forma mais natural possível. Evite liquidificar ou bater os alimentos.

Os bebes devem ter a experiência de tocar na comida, sentir, cheirar e se servir. Mesmo que não seja em todas as refeições, deixe ele experimentar a comida e tocar. Explorando a comida ele terá mais gosto em comer e aumentará naturalmente o repertório de sabores e gostos. A variedade de texturas também é muito importante.

5- Ofereça os alimentos em separado e de modo variado.
Variedade de cores significa variedade de nutrientes. O prato saudável deve ter pelo menos CINCO cores diferentes.

6- Melhor que suco de fruta é a fruta inteira.
Estimule seu filho (a) a comer frutas e não somente a tomar o suco de frutas. As frutas consumidas "in natura" são ricas em fibras e vitaminas que se perdem no processo de confecção do suco. Sucos de fruta são muitas vezes muito calóricos e ricos em carboidratos simples (açúcar natural da fruta mas que rapidamente são absorvidos). Podem até ser consumidos de vez em quando mas não rotineiramente. Sempre tenho em casa água flavorizada ou chá de ervas , como hortelã, cidreira, capim limão, que podem ser consumidos frios substituindo os sucos.

7- Dê o exemplo
Exemplos são mais importantes do que apenas palavras. Exemplos moldam de forma natural e ratificam os preceitos. Minha mãe já dizia: "Os filhos são o reflexo dos pais".

8- Iogurte natural no lugar dos aromatizados e açucarados.
Minha filhas de 2 anos e meio e 11 meses adoram e estão super acostumadas a comer iogurte natural puro ou com granola e frutas. Elas adoram!!! Nem sabem o gosto dos outros tipo de iogurte. O iogurte é rico em bactérias boas para saúde do intestino e ajudam a prevenir obesidade e doenças metabólicas.

9- Não acostume seu filho a comer vendo TV ou outra distração
quando comemos nos distraímos nem nos damos conta do que e quanto ingerimos. Acabamos comendo demais. É claro que de vez em quando não há problema, mas não pode ser uma regra!

10- A criança/ bebe não precisa comer ATÉ O FINAL. Basta estar satisfeito!
Bebês e crianças pequenas comem até se satisfazer. Não tem "olho grande". Não insita para que seu filho coma até o final, programando ele para se acostumar a comer além da satisfação. isso será um problema no futuro. Respeite sua satisfação!



Nenhum comentário:

Postar um comentário